Um brinde às diferenças!

 

Definitivamente: está se tornando cada vez mais complicado se relacionar com os outros, com o diferente e as diferenças. Desde o nascimento, nós, seres humanos, começamos a criar laços, a conhecer, a lidar com o mundo ao redor e com pessoas que nem sempre são parecidas com a gente.

O tempo todo nos deparamos com a diversidade, com aquilo que na maioria das vezes não casa com o que pensamos, queremos ou aprendemos a pensar. Nem sempre as diferenças são negativas; muito pelo contrário: as diferenças, em sua grande parte, somam, nos ensinam, nos fazem refletir. No entanto, elas vão de encontro com tudo aquilo que internalizamos e que demoramos anos para tal, des(constróem) pilares de conceitos e opiniões e nos angustiam, porque estando frente a elas, nos deparamos com nossas próprias limitações.

No nosso contexto, ser único é constantemente nadar contra a maré. Somos ditados pela voz da maioria, seguimos a boiada e os que se percebem diferentes são vistos como estranhos, anormais. Mas, afinal, quem pode se afirmar normal nesse mundo louco em que vivemos?

Percebi que a beleza do ser humano está justamente na diversidade de maneiras de ser, agir e pensar. Percebi o quanto podemos ser diferentes e mesmo assim viver. Basta respeitar!

Um brinde às diferenças, às diversidades, ao desconhecido. Porque bonito é quem sabe conviver com a variedade, com as distinções de forma pacífica e respeitosa.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s