Manifesto Feminista


Nas rodas de conversa, você já deve ter ouvido o termo feminismo, já que estamos vivendo um momento pautado pelo tema. Vejo muitas pessoas xingando e se dizendo contra sem ao menos saber o que significa.

Por favor: o feminismo não é o inverso do machismo! O machismo nada mais é do que um sistema de dominação, superioridade de um sexo em detrimento do outro. O feminismo é um movimento social, filosófico e político que prega a igualdade entre os sexos. Captou a diferença?

Por mais incrível e absurdo que possa parecer, existem mulheres que perpetuam o machismo por aí, impondo a supremacia feminina e, até mesmo, se impondo a outras mulheres. Dizem considerá-lo natural (!!!), se tornando coniventes com sua própria objetificação. Temos que entender que a vida de muitas mulheres ainda é minada, quando não destruída, pelo machismo da sociedade.

Mulheres foram julgadas como incapazes por milhares de anos, mas nos últimos 2 séculos, muitas mudanças vem ocorrendo contra essa opressão histórica. Uma luta que mal começou e que ainda tem um longo caminho a percorrer…

Se os tempos mudaram e nós, mulheres, podemos trabalhar, estudar e ter voz ativa, foi graças ao feminismo, apesar da relutância de algumas “filhas do feminismo” reconhecerem o real valor disso e dizerem não precisar do feminismo. Sim, nós precisamos do feminismo! E o ponto de partida é entender que a sociedade não é igual para homens e mulheres.

Enquanto existirem regras do tipo “mulher não pode isso, mulher não pode aquilo” por trás de um machismo travestido de valores familiares ou bom senso, o feminismo será necessário. Enquanto tivermos que ignorar olhares e abordagens invasivas, o feminismo será necessário. Enquanto tivermos medo de andar sozinhas na rua à noite, o feminismo será necessário. Enquanto houver o medo de ser violentada verbal, sexual ou psicologicamente, o feminismo será necessário. Enquanto nossa média salarial for inferior a dos homens, o feminismo será necessário. Enquanto a sociedade impuser padrões de beleza, comportamento e vida, o feminismo será necessário. Enquanto meu caráter for medido pelo comprimento do meu vestido, o feminismo será necessário. Enquanto não nos sentirmos livres o suficiente para escolhermos ser o que quisermos, o feminismo será necessário.

Ter algo a dizer não significa má atitude. Aliás, se você tem realmente algo a dizer, saia e conte para o mundo! Porque ser feminista é lindo, é importante, é sinal da inteligência e da decência de qualquer ser humano. Como diz a ativista nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie: sejamos todos feministas!

 

Anúncios